sexta-feira, 17 de março de 2017

Jovem é assassinada com 12 tiros dentro de academia em Catu

Segundo as informações, dois homens chegaram de moto, invadiram a academia sem tirar os capacetes e dispararam cerca de 12 tiros com pistolas automáticas. De acordo com depoimento dos alunos da academia Max Fitness, Diná Carvalho da Silva tinha chegado ao local há cerca de 30 minutos e malhava normalmente. 
De repente, todos ouviram gritos de dois homens mandando que os alunos largassem os aparelhos que usavam na ginástica e deitassem com as mãos na cabeça. Todos obedeceram e chegaram a imaginar que tratava-se de um assalto, mas a seguir, eles foram até a moça e começaram a atirar diversas vezes em várias partes do corpo.
Resultado de imagem para Jovem é assassinada com 12 tiros dentro de academia
Segundo as informações, dois homens chegaram de moto, invadiram a academia sem tirar os capacetes e dispararam cerca de 12 tiros com pistolas automáticas. De acordo com depoimento dos alunos da academia, Diná Carvalho da Silva tinha chegado ao local há cerca de 30 minutos e malhava normalmente. 
De repente, todos ouviram gritos de dois homens mandando que os alunos largassem os aparelhos que usavam na ginástica e deitassem com as mãos na cabeça. Todos obedeceram e chegaram a imaginar que tratava-se de um assalto, mas a seguir, eles foram até a moça e começaram a atirar diversas vezes em várias partes do corpo.

Os dois atiradores fugiram em seguida e ninguém conseguiu identificar as características deles e da moto que usavam. A polícia foi imediatamente chamada para fazer o levantamento cadavérico e constatou os doze tiros disparados contra a vítima, que, segundo ficou apurado entre alguns alunos, tinha boas relações com várias pessoas, mas era considerada inimiga de traficantes de drogas pelos contatos e amizades com alguns policiais de Catu. O corpo de Diná foi levado para o Departamento de Polícia Técnica de Alagoinhas, enquanto a Delegacia de Polícia de Catu está abrindo inquérito para tentar descobrir a autoria e as causas do crime. // Agora na Bahia.
Loading...