sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Chefe do tráfico de maior facção do Rio é preso em apartamento de luxo no litoral de Santa Catarina

PL no apartamento que alugou, em Balneário Camboriú
Policiais da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) prenderam, nesta sexta-feira (18), um dos chefes do tráfico da maior facção criminosa do Rio. 
Paulo César Souza dos Santos, o PL, que é chefe da quadrilha que domina o tráfico no Complexo do Lins, estava em um apartamento de luxo, com vista para o mar do Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina. De acordo com a polícia, PL é chefe do "bonde do Lins" - uma referência ao bairro da Zona Norte do Rio onde o bando ficou conhecido. 
Os integrantes foram flagrados, armados, numa comunidade da região, em 2013. PL aparece em um vídeo descendo escadas da favela ao lado de homens armados. Com o criminoso, estavam dois carros do modelo IX35. Um veículo novo desse tipo está custando cerca de R$ 100 mil. PL estava com o família, em um flat alugado por R$ 10 mil, onde iria passar as festas de Natal e réveillon. 
A vista do apartamento onde o criminoso estava com a família
O apartamento, de três quartos e vista para o mar, fica em um prédio na esquina da praia. Ainda segundo a polícia, PL deixou o Lins após o anúncio da instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e foi morar em Porto Alegre. Na cidade, ele se apresentava como Carlos e dizia ser dono de lojas no Rio. Contra ele, havia sete mandados de prisão e 25 anotações criminais. Ele deixou o sistema penitenciário em 2010, em liberdade condicional, depois de cumprir duas penas pelo crime de tráfico de drogas. 
A operação para prender o bandido contou com o apoio da Polícia Civil de Santa Catarina.
Loading...