segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Morador de rua é encontrado morto em barraca sob o Viaduto do Chá, no Centro de São Paulo

Agentes da Guarda Civil Metropolitana observam barraca onde encontraram morador de rua morto no Centro de São Paulo (Foto: Marcelo S. Camargo/FramePhoto/Estadão Conteúdo)
Um morador de rua foi encontrado morto quarta-feira (24) dentro da barraca onde dormia, que fica atrás da tenda da Prefeitura instalada debaixo do Viaduto do Chá, no Centro de São Paulo. Homens da Guarda Civil Metropolitana (GCM) atenderam a ocorrência e constataram o óbito do morador de rua. De acordo com a Prefeitura, a causa da morte é desconhecida e será apontada pela perícia da Polícia Científica. "De acordo com agentes de Assistência Social, o morador dormia algumas noites na Galeria Prestes Maia. 
Na manhã de terça-feira, ele foi ao serviço apenas para tomar café da manhã. Na tarde de terça, o homem foi abordado por agentes de saúde, mas recusou atendimento. Segundo a Prefeitura, desde junho, quando foram montadas, as tendas receberam mais de cinco mil pessoas em situação de rua e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)  recebeu mais de 1.500 chamados gerais de toda e qualquer pessoa que esteja em situação de rua. A tenda do Viaduto do Chá era destinada a homens e mulheres com carroças ou que possuíam animais de estimação. 
Em decorrência da baixa adesão, de acordo com a Prefeitura, a tenda recebe apenas mulheres. Os homens que procuram acolhimento são encaminhados para o abrigo emergencial montado na Galeria Prestes Maia, que também recebe carroças e animais.  Desde que foi instalada, 1.015 pessoas utilizaram a tenda.
Loading...