segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Jovens teixeirenses são presos em Sooretama com armas e carro roubado

Na última sexta-feira, 11 de dezembro, funcionários de um posto de combustível, localizado às margens da BR 101, em Sooretama/ES, acionaram a Polícia e relataram que 03 jovens estavam no local, em atitude suspeita. A Polícia Rodoviária Federal, em ação com a Polícia Militar e a Polícia Civil, se deslocou para o posto, onde montou cerco e abordou o trio, oriundo de Teixeira de Freitas. Durante buscas no veículo, os patrulheiros encontraram 01 pistola e 01 revólver, momento em que deram voz de prisão aos jovens. Ainda dando seguimento ao levantamento, os polícias realizaram consulta sobre o veículo e identificaram que se tratava de produto de roubo. Além das armas, foram encontrados 02 rádios comunicadores.
Os jovens foram identificados como sendo, Pedro Rafael Cavalcante Firme, 26 anos de idade; Henrique Cerqueira Neto, 18 anos de idade e um adolescente de 17 anos de idade, que é filho de um Policial Militar. Os jovens teixeirenses foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Linhares  onde o caso foi registrado e apresentado ao delegado, Fabrício Lucindo. De acordo com a Polícia capixaba, o veículo Honda/Civic, preto, placa policial LKT 6668, licenciado em Campos dos Goytacazes/RJ,  foi roubado na última quinta-feira, após um sequestro relâmpago, informação que será investigada, já que outro jovem, que se diz dono do veículo, foi preso em Teixeira de Freitas. Em conversa via telefone com o delegado Fabrício Lucindo, ele disse: “Os funcionários perceberam que eles estavam rondando o posto e temendo um  possível assalto, acionaram a Polícia”, destacou.
Em entrevista à imprensa capixaba, um dos suspeitos, Pedro Rafael, contou que o carro estava na oficina mecânica que ele trabalha, para consertar o para-choques. Então, ele e os amigos, com a autorização do dono, que seria um amigo, identificado pelo prenome de Átila, liberou o veículo para que eles pudessem viajar e visitar umas “meninas” em Linhares. Sobre o material apreendido, Pedro Rafael disse que não sabia da existência das armas e que só viu a pistola e o revólver quando já estavam a caminho. 
“Não praticamos assalto nenhum. Pode rastrear as câmeras de todos os postos. Nós não encostamos a mão em ninguém. Eu sou trabalhador, pode averiguar e investigar”, defendeu-se.

A PM informou ainda que o trio é investigado por um assalto ocorrido em um posto de combustível em Pancas, nesta semana. “Nossa equipe foi ágil e num trabalho de parceria com a Polícia Civil conseguiu frustrar a ação dos suspeitos”, disse o Major Max. O Major revelou que os três detidos negaram participação em todos os crimes. A Polícia Rodoviária Federal também acompanha a ocorrência para examinar os documentos do veículo e das carteiras de habilitação de dois dos detidos. O carro apreendido possui restrição por furto/roubo. A Polícia Civil vai investigar o caso. Os três foram levados para a sede da Delegacia Regional de Linhares, no Bairro Três Barras, para prestar depoimento ao delegado de plantão. O material apreendido também foi entregue na DRL.

Loading...