quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Traficante Fat Family é morto em operação da Polícia Civil em São Gonçalo

Recompensa de R$ 3 mil por informações sobre o traficante
O traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, de 28 anos, foi morto durante uma ação da Polícia Civil realizada na manhã desta segunda-feira em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) fecharam o cerco ao criminoso em uma região de mata no Complexo do Salgueiro. Após intenso tiroteio, Fat Family e outros dois homens, que seriam seguranças do bandido, foram mortos. O traficante estava ainda com outros dois guarda-costas que conseguiram fugir.

A operação de inteligência contou com a participação de 30 agentes e um helicóptero da Polícia Civil. A operação começou no início da manhã e tinha o objetivo de capturar Fat Family. Durante uma incursão na comunidade de Itaóca, os agentes se depararam com um grupo de traficantes armados com fuzis. Houve intensa troca de tiros, que resultou na morte dos três bandidos. A Polícia apreendeu três fuzis, drogas e material para embalar entorpecentes.

O helicóptero utilizado pela Polícia Civil teve papel fundamental na descoberta do paradeiro de Fat Family. A aeronave é equipada com um equipamento chamado FLIR, que filma com infravermelho. A tecnologia permitiu que o helicóptero desse a localização exata do traficante.
Fat Family, que aparece à esquerda, foi morto em uma região de mata
A região onde Fat Family estava é de difícil acesso e distante da entrada do Salgueiro. Para chegar ao local, conhecido como Praia da Luz, é preciso andar cerca de 20 minutos de carro. De acordo com fontes da Polícia Civil, a região foi escolhida pelo criminoso por dar acesso à Baía de Guanabara, sendo possível, por exemplo, fugir de barco.

Em junho, Fat Family foi resgatado por um grupo de 20 bandidos do Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio. Na ação, um inocente foi morto e outros dois ficaram feridos. O traficante chefiava bocas de fumo no Morro Santo Amaro, no Catete, na Zona Sul do Rio.


Fat Family era um dos traficantes mais procurados do Rio. O Portal dos Procurados, do Disque-Denúncia, oferecia uma recompensa de R$ 3 mil por informações que levassem ao paradeiro do criminoso.
Loading...