quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Grupo é detido acusado de fraudar concurso da Polícia Militar no Ceará

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou na tarde deste domingo (25), que algumas pessoas foram detidas suspeitas de tentativa de fraude no concurso da Polícia Militar do Ceará. A SSPDS ainda não repassou informações sobre a quantidade de pessoas detidas e o local de prova onde o caso aconteceu. Os acusados foram levados para a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF). As informações preliminares são de que candidatos teriam tentado burlar a segurança do certame, usando pontos eletrônicos durante a realização da prova. A estratégia dos grupos é usar o sistema para ouvir respostas repassadas por pessoas do lado de fora dos prédios onde acontecem os concursos. A prova realizada neste domingo é a primeira fase do concurso público para ingresso na Polícia Militar. Ao todo, 80.450 concorrem a 4.200 vagas de soldado. O salário inicial do cargo é R$ 3.134,58. As provas foram realizadas em 95 lugares diferentes em Fortaleza.
Loading...