segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Técnico de futsal é assassinado por outro treinador em Santa Catarina

Nesta sexta-feira (11), na cidade de Caçador (SC) José Henrique Kaercher, técnico do Kindermann, foi assassinado dentro de um hotel por Carlos Corrêa, ex-treinador do Pantera Negra, time de futsal feminino do mesmo município. De acordo com informações da imprensa local, Carlos, que foi preso em flagrante, estava armado e tinha planos para matar outras pessoas. O motivo do crime seria o fato da sua demissão do mesmo Kindermann no início de 2015. Baleado no peito, Karcher tinha 35 anos e morreu a caminho do hospital Maicé, na cidade catarinense.
Loading...