domingo, 20 de setembro de 2015

Criança de 03 anos foi queimada com 'pranchinha' por parentes em Ipiaú; Mãe e dois filhos são acusados de praticar maus tratos

Uma mulher de 39 anos e seus dois filhos são acusados de praticar maus tratos a uma criança de apenas 03 anos de idade. A denuncia foi feita pela tia do garoto ao Juizado da Criança e do Adolescente na manhã deste sábado (19). De acordo com Maria Aparecida, 23, o garoto teria sido queimado pelos primos com uma prancha quente, indicada para alisamento de cabelos.  O material provocou várias queimaduras nas partes do corpo do menino.
O caso teria ocorrido na semana passada, na Fazenda São João, na região do Fôzo, próximo ao Guloso, zona rural de Ipiaú, e só foi descoberto após Maria Aparecida ir buscar o sobrinho na casa do irmão, onde passava uma temporada. Na localidade ainda foi filmado um vídeo que registra as agressões ao menor, praticadas por Carmecélia Oliveira Nunes e sua filha de 15 anos. O vídeo foi feito pelo adolescente de 17 anos, também filho de Carmecélia.
A Guarnição Delta do PETO prendeu a mulher no Hospital Geral de Ipiaú, onde acompanhava outra filha que daria luz na unidade hospitalar. O casal de adolescentes foi apreendido na zona rural. Ao perceber a aproximação da PM e dos Agentes de Proteção ao Menor, a garota de 15 anos tentou fugir. Ela foi alcançada pelas autoridades dentro de uma roça de cacau.
A mulher e os dois filhos foram encaminhados e apresentados na delegacia local.  O marido de Carmecélia, tio do garotinho, também foi encaminhado ao Complexo Policial, a fim de ser ouvido. A polícia queria saber o grau de conivência dele com os maus tratos. Segundo Antônio César Bispo dos Santos, as agressões eram feitas enquanto ele estava trabalhando na roça. O caso foi acompanhado de perto pelo Juiz da Vara da Infância, Dr. Hilton de Miranda, que determinou a prisão do casal e a apreensão dos menores.


Além das agressões, o garoto pode ter sofrido abuso sexual, segundo informou um agente de Proteção ao Menor à reportagem do GIRO. O pai da vítima já é falecido e a mãe não reside na cidade. A criança foi levada pra casa, pela tia. //Giro em Ipiaú
Loading...