terça-feira, 15 de setembro de 2015

Capixaba é intimada para esclarecer comentário envolvendo prefeito e presidente Dilma

O prefeito Carlos Casteglione foi citado no comentário da jovem 
Uma postagem em uma rede social foi parar na Justiça no interior do Espírito Santo. Após escrever que preferia o cantor Cristiano Araújo, morto em um acidente de carro este ano, ao prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Carlos Casteglione e a presidente Dilma Rousseff, a auxiliar de administração, Juliana Louzada, de 28 anos, foi intimada na para prestar esclarecimentos. A audiência está marcada para acontecer na tarde desta terça-feira (15).
No comentário Juliana escreveu a seguinte frase: “Meu Deus, leve a Dilma e o Casteglione e devolva o Cristiano Araujo”. Para a engenheira o comentário não passou de uma brincadeira. “Não esperava que uma brincadeira tão inocente fosse tão longe. Fiquei chocada quando recebi a intimação”, disse.

De acordo com a jovem a mensagem foi postada no dia 26 de junho deste ano e visualizada por cerca de 300 pessoas. Ela decidiu apagar a frase após alguns comentários. “Apaguei há algumas semanas, após receber um comentário de uma pessoa ligada a prefeitura. Não queria dar continuidade ao assunto.”
A intimação também foi postada pela jovem nas redes sociais
Nesta segunda-feira (14), Juliana postou uma foto da intimação e explicou o que aconteceu. A postagem já foi visualizada por mais de 2,4 mil pessoas e compartilhada mais de 650 vezes. Muitos comentários são de apoio a jovem. //folhavitória
Loading...