terça-feira, 15 de setembro de 2015

Agentes de endemias devem se identificar com o contracheque em Feira de Santana

Agentes de endemias geralmente são pessoas conhecidas pela comunidade onde trabalham. Porém, nos últimos dias, vem crescendo as queixas de casas roubadas por pessoas que se disfarçam de agentes em Feira de Santana. A Secretaria Municipal de Saúde alerta a população para identificar os profissionais antes de dar acesso às suas residências.

A primeira dica é justamente o tempo de serviço. Os agentes já são conhecidos na região por serem sempre os mesmos a realizarem o serviço. Em caso de férias, licença ou qualquer afastamento do servidor, o novo agente deve se identificar quando for entrar na casa. O proprietário do imóvel deve pedir a identificação ao funcionário.

O documento de identificação mais indicado é o contracheque. Os agentes já estão cientes que devem trabalhar com a posse do documento e apresentá-lo sempre que necessário. Segundo o gerente de Endemias, Edvaldo Correia, o fardamento não garante que a pessoa é realmente um agente de endemias.

“Hoje as pessoas de má intenção já conseguem falsificar cartões de crédito, imagine o fardamento? A população deve pedir a identificação dos trabalhadores. E sempre acompanhar o agente durante a inspeção na residência”, afirmou o gerente.

Nesta sexta-feira, 11, uma moradora do bairro Cidade Nova prestou queixa de roubo. O autor do crime se passou por um agente de endemias. As informações são da Secom.
Loading...