quinta-feira, 30 de maio de 2013

Delegacia de Homicídios (DH) de Feira de Santana, solicitou à Justiça a prisão Suspeito de ter assassinado e esquartejado um homem, cujas partes do corpo foram encontradas dentro de uma lan house

A Delegacia de Homicídios (DH) de Feira de Santana solicitou à Justiça a prisão de Paulo Sérgio Carvalho Luís Filho, suspeito de ter assassinado e esquartejado Saimo Lima da Silva, de 33 anos, cujas partes do corpo foram encontradas dentro de uma lan house, no bairro Santa Mônica, na manhã de terça-feira (28). De acordo com informações da polícia, Saimo estava desaparecido desde a última quinta-feira (23), data em que parou de manter contato com familiares, o que levou sua mãe a registrar queixa pelo seu desaparecimento.

Ontem, a mulher procurou a delegacia para informar que soubera, por vizinhos, que o filho estaria trabalhando numa lan house, arrendada por ele. No endereço indicado, os policiais, ao se aproximarem para averiguação, sentiram logo um forte mal cheiro exalando do imóvel. No primeiro cômodo, os policiais encontraram, numa caixa de isopor, a cabeça da vitima, já em estado de decomposição. Em seguida, espalhados em outros cômodos do imóvel, foram encontrados três sacos plásticos, cada um contendo, separadamente, os braços, o tronco e dentes e orelhas da vítima. A motocicleta de Saimo, também estava no local. Ali, os policiais apreenderam ainda uma CPU, dois notebooks, pen drives e uma cópia do contrato de locação do imóvel onde funcionava a lan house, em nome de Paulo Sérgio, que está sendo procurado. Em um dos pen drives, a polícia encontrou arquivos com informações sobre a existência de uma seita com sede no Espírito Santo. Todo o material foi encaminhado para perícia no Departamento de Polícia Técnica DPT.RELEMBRE;Esquartejado. Assim foi encontrado Saimo Lima da Silva, 31 anos, dentro de uma lan house, na cidade de Feira de Santana, a 109 quilômetros de Salvador, nesta terça-feira (27). Segundo informações do site Acorda Cidade, partes do corpo estavam em sacos no banheiro do estabelecimento, na rua Montevidéu, no bairro de Santa Mônica.O corpo foi descoberto durante a investigação da Polícia Civil sobre o desaparecimento de Saimo. Policiais sentiram mau cheiro no estabelecimento e arrombaram a porta do espaço. O tronco da vítima foi encontrado no banheiro, a cabeça e os membros superiores estavam em um isopor na entrada e os dentes, orelha e dedos foram localizados em uma pequena sacola no local.                   A polícia suspeita que a vítima seja funcionário do estabelecimento que está desaparecido desde a última quinta-feira (23). Ainda conforme o Acorda Cidade, o principal suspeito de ter cometido o crime é o dono da lan house, Paulo Sérgio Carvalho Luis Filho, 23 anos, que está foragido. A motivação do crime ainda não é conhecida.